Restaurante Pabe (Lisboa)

Recentemente descobrimos o restaurante Pabe, e posso afirmar que é um dos melhores restaurantes que já visitámos em Lisboa. Mas a verdade é que até esse dia, infelizmente, nunca tinha ouvido falar deste restaurante apesar de já existir há quase 5 décadas e ser considerado um dos restaurantes com mais história na cidade, sendo frequentado por várias figuras públicas, principalmente ligadas à politica e ao jornalismo. Ainda hoje a famosa mesa de Francisco Pinto Balsemão, cliente habitual do espaço, é reservada todos os dias até às 13h00 para o fundador do Expresso.
Soubemos também que foi renovado recentemente, e apesar de não termos chegado a conhecer o antigo espaço, gostámos bastante do ambiente, do atendimento e da comida que nos foi servida neste “novo” Pabe.
O espaço é diferente de todos os restaurante que já visitámos em Lisboa, faz lembrar um pub Inglês, com uma decoração clássica. O atendimento é exemplar, desde o chefe de sala até à escanção. E a comida é fantástica, ficámos deliciados com tudo o que nos foi servido desde o amuse bouche até à sobremesa.

E por falar em comida, iniciámos a refeição com um saboroso amuse bouche de camarão e abacaxi com molho cocktail. Foi-nos também servido uma seleção de pães: pão de Mafra, broa de milho e pão de cereais.
Escolhemos depois uma sopa de peixe e marisco que estava fantástica, muito bem servida e saborosa, foi sem dúvida um dos melhores pratos de todo o jantar. Seguidamente partilhámos uma dose de camarão ao alho que não desiludiu, e até acabámos a molhar o pão no delicioso molho. Seguiu-se depois outro dos pratos que mais gostámos e que foi recomendado pelo chef de sala Almiro Vilar, o famoso croquete de rabo de boi acompanhado por uma fantástica maionese aromatizada com malagueta da Colômbia. A carne, cozinhada a baixa temperatura, era super saborosa e desfazia-se na boca.

Chegámos então aos pratos principais, e as escolhas recaíram num lombo de vaca à Portuguesa para mim e barriga de porco com laranja aromatizada para ele.
O meu lombo estava muito bem confeccionado, a carne era extremamente saborosa, no ponto certo e numa dose bem generosa. Acompanhava com um delicioso molho à portuguesa, presunto crocante e batatas fritas às rodelas.
A barriga de porco é um prato confeccionado durante 72 horas, que lhe confere uma textura e um sabor divinais. Desde a carne tenra e saborosa à crocância da pele da barriga do porco, acompanhado pelos gomos de laranja com pimenta rosa e o esparregado cremoso, resultam num prato fantástico. Talvez não para toda a gente, mas os apreciadores certamente que irão gostar.

Depois de todas estas iguarias, confesso que já não tínhamos muito espaço para a sobremesa mas mesmo assim fizemos o “sacrifício” e valeu bem a pena. Partilhámos a Farófia, uma das sobremesas mais pedidas do Pabe, e a mousse de chocolate com caramelo salgado – não conseguimos resistir a esta deliciosa descrição.
Apesar de ter preferência por sobremesas com chocolate, tenho de admitir que neste caso gostei mais da Farófia, estava super leve, acompanhada de um creme guloso e no interior uma surpresa, um gelado de canela que ligava muito bem com todos os outros sabores. Fantástica.
A mousse de chocolate tinha vários elementos e estava muito bem empratada, é daquelas sobremesas que se come com os olhos. Destaco o coulis gelificado de frutos vermelhos, que tinha a acidez suficiente para refrescar o palato dos diferentes tipos de chocolate. Uma sobremesa bastante equilibrada.

Acompanhámos a refeição com as sugestões da escanção Susana Santos. Para iniciar um Gin Tónico para ele e um cocktail sem álcool para mim.
No prato principal foi nos sugerido um copo de Vinha Grande tinto da Casa Ferreirinha. Foi uma óptima sugestão, pois este vinho do Douro acompanhou muito bem a barriga de porco.

É de salientar que o Pabe tem uma carta de vinhos com mais de 500 referências vínicas nacionais e internacionais. Sendo provavelmente um dos restaurantes com a maior garrafeira em Lisboa. São cerca de 7000 garrafas de vinho em stock, desde os vinhos mais conhecidos, àqueles mais exclusivos, que certamente vão ao encontro do gosto e preferência de cada um.
Agradecemos ao restaurante Pabe pelo convite e a toda a equipa que nos serviu pela fantástica experiência que nos proporcionaram. Ficámos com vontade de voltar num futuro próximo.

Morada: Rua Duque de Palmela, 27-A/B, Lisboa
Telefone: 21 3535675
Dia(s) de Encerramento: Não
Horário de Funcionamento: Segunda-feira a Domingo das 12h00 às 24h00
Necessidade de reserva: É aconselhável a reserva
Área para fumadores: Sim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.