Roteiro de 5 dias em Londres #1

Depois de estar a viver em Londres há quase 1 ano, chegou a altura (talvez com algum atraso) de partilhar convosco o meu roteiro na cidade. Ao longo destes meses fiz vários roteiros para família e amigos, por isso este roteiro é uma compilação dos meus sítios preferidos.

Londres é uma cidade grande, com muitos sítios para visitar e há sempre qualquer coisa nova a acontecer, por isso acho que menos de 5 dias é pouco para ficar a conhecer tudo o que há de bom na cidade.

 

Dia 1

Museu de Cera Madame Tussads

O Museu de Cera é um dos meus museus preferidos em Londres. O bilhete não é barato mas vale bem a pena a visita. No entanto, se o vosso primeiro dia calhar a um fim-de-semana, o melhor é visitarem o museu noutro dia. O fim-de-semana é sempre muito concorrido, principalmente de manhã, por isso recomendo a visita a um dia de semana, de preferência 1 ou 2 horas antes do museu fechar.
Para evitar as grandes filas, o melhor é comprar o bilhete com antecedência, on-line. Recomendo o site Londres Bilhetes. Costuma ser mais barato e o preço é em euros.

 

Regent’s Parque

Pertinho do Museu de Cera está um dos maiores parques da cidade, o Regent’s Parque.
Este parque é tão grande, que alberga o Jardim Zoológico de Londres e uma universidade.
Se o tempo estiver bom façam um passeio ao longo do lago e pelos vários jardins de flores.

 

Wellcome Collection Museu

Um pouco mais à frente, mesmo ao lado da Euston Square Station, está o Wellcome Collection Museu.
Este museu não é muito conhecido, nem costuma fazer parte da maior parte dos roteiros em Londres mas acho que vale muito a pena, principalmente para os mais curiosos e interessados na área da medicina, ciência e arte. Além disso a entrada é gratuita.

 

British Museum

Relativamente perto do Wellcome Collection está o British Museum. Este museu, também gratuito, tem uma enorme coleção de peças de arte, cultura e história de vários povos desde o seu início até ao presente. Se estiverem com tempo (o museu é grande)  vale a pena também uma visita.

 

Musical

Uma das coisas que recomendo sempre em Londres é ver um Musical.
Ainda só vi dois, o Fantasma da Ópera e o Rei Leão e gostei muito de ambos.
O Fantasma da Ópera é um clássico que vale sempre a pena ver mas o Rei Leão foi também uma boa surpresa, por isso recomendo vivamente estes dois.
Se optarem pelo Fantasma da Ópera espreitem o site Londres Musicais, costuma ter bons lugares com desconto, principalmente para as primeiras filas da stalls (plateia).
Para o Rei Leão comprei o bilhete no site lastminute.com. Também a um preço simpático.

 

Dia 2

Regent’s Canal

Um dos meus passeios preferidos e que “obrigo” quase toda a gente a fazer é o passeio pelo Regent’s Canal até Camden.
São cerca de 40 minutos a andar, desde Little Venice, mas vale muito a pena, principalmente se forem no verão ou na primavera.
A minha sugestão é começarem o passeio em Little Venice, ou se não quiserem andar tanto também podem começar a partir daqui. Ao longo do trajeto vão passar por casas lindíssimas que são autênticos palacetes, barcos coloridos que são na verdade casas habitadas, vão passar também pelo Regent’s parque e pelo meio do Jardim Zoológico. No final quando avistarem o restaurante chinês (vermelho) continuem pelo canal, até chegarem ao Camden Market.  É um pouco cansativo mas tenho a certeza que vão gostar muito deste passeio.


 

Camden Town

Camden Town é sinónimo de mercados e Amy Winehouse.
Ao todo existem 4 mercados:  Camden Lock Market,  Stables Market, The Camden Market e o Iverness Street Market.

O Camden Lock e o Stables Market são ao lado um do outro e são os melhores sítios para comer em Camden.
Aqui encontram street food de todos os cantos do mundo e se passarem pelas bancas asiáticas do Stables Market, conseguem fazer uma degustação gratuita. Só precisam de se aproximar e alguém vos há-de oferecer um bocado de frango panado ou camarão. Acreditem!
É também aqui que se come um dos melhores Fish and Chips da cidade, no Poppies.  Para sobremesa não percam as Dutch pancakes, existem pelo menos 2 bancas espalhadas pelos 2 mercados. Com morango e Nutella são a minha perdição.
E se forem num dia de calor, parem no Chin Chin Labs e comam um (bom) gelado feito com nitrogénio liquido. A melhor parte é que podem ver o processo de transformação do gelado com a utilização do gás de nitrogénio.
Além de comida, estes mercados estão cheios de bancas e lojas de roupa, souvenirs, bijuteria, artesanato e tudo o que podem imaginar, literalmente. Não é por acaso que Camden é uma das zonas mais alternativas de Londres.
Por isso, se querem levar souvenirs para casa, sugiro que os comprem aqui. Além de haver imensa variedade, os preços são mais em conta do que no centro da cidade.

O The Camden Market e o Iverness Street Market talvez sejam os mercados menos interessantes, além de serem mais pequenos vendem pouco mais do que roupa.

Se forem fãs da Amy Whinehouse não saiam de Camden sem visitar a antiga casa da cantora, tirar uma fotografia com a estátua da Amy no Staples Market ou visitar o seu pub preferido, o Hawley Arms.

 

Notting Hill

Toda a gente já ouviu falar de Notting Hill, principalmente depois do filme com o mesmo nome.  Infelizmente a famosa livraria já não existe e a casa de Hugh Grant não é fácil de identificar.
Mas mesmo assim a visita a Notting Hill vale a pena, não só pelas suas bonitas casas coloridas mas também pelo Mercado de Portobello Road, cheio de banquinhas de rua, lojas, boas pastelarias (entrem na Hummingbird Bakery), velharias,  roupa, bijuterias e comida. Os melhores dias para visitar o mercado são a sexta-feira e o sábado.

 

King’s Cross (Se forem fãs do filme Harry Potter)

Em Notting Hill, apanhem o metro em direção a King’s Cross.
Aqui podem visitar a famosa plataforma 9 ¾ do filme Harry Potter (não vão com expectativas muito altas) na lindíssima estação St Pancras Internacional.

 

Picadilly Circus, China Town e Soho

Se não forem fãs de Harry Potter, o melhor é seguirem em direção à zona mais vibrante de  Londres, Picadilly Circus.
Assim que saírem do metro e subirem as escadas em direção à rua, vão perceber que estão numa das zonas mais movimentadas de Londres. As luzes, os carros, o trânsito (nem que seja quase meia noite), as centenas de pessoas, as lojas, as dezenas de ruas que se cruzam…tudo ganha vida em Picadilly Circus.
Sigam em direção a Leicester Square e aproveitem para entrar na loja M&M’s World ou na Lego.
Assim que saírem da loja dos M&M’s, virem à direita e poucos metros à frente estarão em frente à entrada da China Town. A China Town é composta por 2 ou 3 ruas cheias de adereços e restaurantes chineses. É um bom sitio para comer um pato à Pequin e dumplings. Fujam dos restaurantes buffet.
Outro sítio muito concorrido na China Town, principalmente no verão, é o bubble wrap.  Uma massa de waffle enrolada em cone servido com gelado, fruta e vários topping. É muito bom, por isso se estiver pouca fila quando lá passarem, aproveitem.


Se não vos apetecer comer comida chinesa, subam a rua em direção a Soho e entrem no restaurante Flat Iron. Bem, na verdade, se quiserem jantar no Flat Iron, o melhor é deixarem o vosso nome no restaurante assim que chegarem a Picadilly Circus e só depois irem para Leicester Square. Normalmente o tempo de espera é de 2h. Mas a parte boa é que depois de deixarem o vosso nome e número de telefone, é vos enviada uma mensagem quanto a vossa mesa estiver quase pronta. Por isso não precisam de ficar ali à frente do restaurante à espera da vossa vez. Podem também aproveitar para ir beber um delicioso chocolate quente ali ao lado, na SAID dal 1923, para mim o melhor hot chocolate da cidade.
O Flat Iron é um dos melhores sítios para comer um bom bife em Londres e nem é muito caro. 10£ e têm ainda direito a 2 acompanhamentos. Já perceberam o longo tempo de espera?
No final peçam sobremesa, a mousse de chocolate e caramelo salgado é bem gulosa.

Depois do jantar aproveitem para passear um pouco por Soho, vale a pena espreitar o Kingly Court e a famosa Carnaby Street.

 

Dia 3

English Breakfast

Comecem o dia com um bom english breakfast no The Breakfast Club.
Há vários locais espalhados pela cidade e costumam ser concorridos, principalmente o de Soho mas vale a pena a espera. Se no final ainda conseguirem ter um espacinho para a sobremesa (não vai ser fácil), peçam as panquecas.

 

Palácio de Buckingham

Por volta das 10h30 é a hora ideal para chegar ao Palácio de Buckingham e ver o render da guarda que acontece todos os dias no verão às 11h e a dias específicos no inverno. Podem consultar o horário aqui.
Assim que chegarem ao Palácio, dirijam-se  à estátua dourada que está à sua frente. As escadas da estátua são o melhor sitio para ver o render da guarda.

 

St. Jame’s Park e Abadia de Westminster

Logo ao lado do Palácio de Buckingham está o Green Park e o St. Jame’s Park. Dois dos principais parques de Londres e onde podemos encontrar os simpáticos esquilos.
Sigam pelo St. Jame’s Park em direção à Abadia de Westminster.  O passeio ao longo do lago é muito bonito e podem aproveitar para tirar algumas fotografias com os esquilos.

A Abadia de Westminster é um dos principais pontos turísticos de Londres, por isso a fila para a compra de bilhetes costuma ser grande. O melhor é comprar o bilhete com antecedência no site oficial, aproveitando o desconto online.
A Igreja é enorme, por isso reservem pelo menos 1h para a visita. Aqui tiveram lugar alguns dos marcos históricos mais importantes do Reino Unido, entre os quais, a coroação da Rainha Elizabteth II, o casamento do Príncipe William e Kate Middleton e o velório da Princesa Diana.
Encontram-se também aqui os restos mortais de figuras importantes como Charles Darwin, Charles Dickens e Isaac Newton.
A Abadia, construída em estilo gótico ,é muito bonita tanto por fora como por dentro.

 

Big Ben e London Eye

Depois de saírem da Abadia, é fácil reconhecer o Big Ben e o London Eye. Em menos de 5 minutos chegam ao relógio mais importante do Reino Unido. Infelizmente neste momento já não há muito para admirar devido às obras de recuperação que só vão terminar em 2020, por isso o melhor é passar a Westminster Bridge e tirar umas fotos ao London Eye.
Esta roda gigante é também um dos sítios mais turísticos de Londres. Na minha opinião não vale muito a pena a subida, principalmente se a fila for grande, mas se mesmo assim quiserem riscar a London Eye da vossa bucket list, o preço do bilhete fica mais barato se comprado em conjunto com o Museu de Cera.

 

Museu de História Natural, Museu da Ciência e Museu Victoria & Albert

Estes três museus gratuitos são na mesma rua e a poucos passos de distância uns dos outros.
O meu preferido e o mais visitado é o de História Natural, por isso recomendo que visitem este primeiro.
O museu é muito grande e está dividido em várias zonas: azul (diversidade da vida na terra – dos dinossauros aos mamíferos),  verde (a evolução do planeta), vermelha (evolução humana e fenómenos naturais), e  laranja (Darwin Center e jardim de plantas e insetos).

O Museu da Ciência também vale a pena a visita. É um museu bastante didático  e interativo, abordando temas da ciência, tecnologia e inovação.

Se ainda tiverem tempo, espreitem o Victoria & Albert,  um museu com uma extensa coleção de artes decorativas de várias partes do mundo.

 

Harrods

A uma curta distância a pé destes museus encontra-se o Harrods, provavelmente a loja de departamentos mais conhecida de Londres. Cheia de lojas de luxo e espaços gourmet, é fácil perder-se lá dentro. Vale a pena espreitar pelo menos as montras e não saiam de lá sem comer um macaron na Ladurée.

 

Covent Garden e Neal’s Yard

Se ainda estiver de dia, apanhem o metro até Convent Garden e  visitem um dos cantinhos mais coloridos da cidade, o Neal’s Yard.

Depois, aproveitem para passear nesta zona, cheia de lojas, restaurantes e teatros. Não podem perder o Jubilee Market, o Apple Market e o Covent Garden Market, um amoroso espaço de lojas, restaurantes, pastelarias, com direito a espetáculos de rua. Entrem na loja Ben’s Cookies e experimentem estas bolachas deliciosas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *