II Feira Medieval de Palmela

A II Feira Medieval de Palmela, que decorre nos dias 25, 26 e 27 de setembro, é uma organização do Município com a Aliusvetus – Associação Cultural História e Património.  Entre o castelo e o arrabalde da vila, população e visitantes preparam-se para viajar no tempo e conhecer as novidades desta segunda edição, com destaque para o Ritual Almenara, que decorrerá no sábado – uma recriação apresentada pelas associações PIA e Dançarte, do episódio em que, durante o cerco de Lisboa pelos castelhanos e após a vitória na batalha dos Atoleiros (1384), o Condestável D. Nuno Álvares Pereira acendeu grandes fogueiras no Castelo de Palmela para alertar o Mestre de Avis, em Lisboa, de que a ajuda estava próxima.

Print

Inspirados pelas histórias e pelas culturas que se cruzaram no coração da vila, ao longo dos séculos, estes três dias de festa convidam os visitantes a viver um ambiente de festa e alegria, com um vasto programa de animação, recheado de música, dança, torneios, espetáculos de fogo, arraiais, jogos e ceias medievais. Esta iniciativa mereceu o acolhimento de diversas estruturas locais, com destaque para as da área do turismo e restauração, com a oferta de programas especiais nos hotéis do concelho e preparação das  ceias medievais, nomeadamente, a Pousada do Castelo, a Casa de Atalia Adega e a Taverna Bobo da Corte; o Centro Moinhos Vivos, com a iniciativa “A Vida de um Moleiro” e os tours proporcionados pelas empresas Vini Emotion e Dreamland.

Mais informações no site da Câmara Municipal de Palmela, em http://www.cm-palmela.pt/pages/1739.

 

O projeto  “Palmela Almenara”

A Feira Medieval é a face mais visível do projeto “Palmela Almenara”, apresentado publicamente em maio, na Noite Europeia dos Museus. Este projeto ambicioso parte da cultura e da história locais para criar produtos turísticos sustentáveis e diferenciadores, contando, também, continuar a mobilizar a população e os agentes locais – associações, grupos de teatro e artistas, comunidade educativa, restauração e hotelaria, entre outros – em torno deste propósito comum.

O projeto “Palmela Almenara” foi alvo de uma candidatura junto da Área Metropolitana de Lisboa, no âmbito das ações integradas de desenvolvimento urbano sustentável, previstas no acordo de parceria Portugal 2020.

Este é considerado o «Ano 1» do “Palmela Almenara”, que se expandirá até 2020, procurando afirmar o concelho como destino privilegiado de turismo histórico, aos níveis nacional, mas também europeu.

Bilheteira:

1 dia – 2 euros

3 dias – 4 euros

Crianças com idade igual ou inferior a 12 anos não pagam.

Locais de venda:  Casa Mãe da Rota de Vinhos | Posto de Turismo de Palmela | Cine-Teatro S. João | Biblioteca de Pinhal Novo.

Nos dias da feira, os bilhetes estarão à venda na entrada do recinto.

 

Aluguer de Trajes da Época Medieval:

Pavilhão Alius Vetus (estacionamento da Igreja de S. Pedro, junto aos Paços do Concelho | Nos dias e horário da Feira Medieval.

Preço: 7 euros (válido para os três dias).

 

Programa:

Dia 25 de setembro – Sexta Feira

17h00 – Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos.

19h00 – Momento de boas vindas pelo Mestre da Ordem de Santiago D. Fernando Afonso de Albuquerque

 Arruada e desfile pelas ruas do castelo e arrabalde

 Animações de rua.

19h30 –“Forestus Felicitus e Rosarum Brumbarum” pelo Grupo Kinessis – Teatro de malabarismo Largo D. Afonso Henriques  

19h30 – Comeres de sabor medieval e beberes de aroma nas tabernas.

                Recanto – Igreja de Stª Maria

                Gil Teatro – Entrada 1

21h00 – Música Canto e Animações da época

Do Arrabalde ao Castelo: Gaiteiros da Bardoada; Jograis D’El Rei; Vai de Ronco; Goliardos; Les Musiciens du Royaume

            Voo Livre pelas aves de rapina (Artfalco) – Revelim Norte

            Exercícios de combate apeado pela Espada Lusitana – Revelim Norte

            Mastro Chines” – MALATITSCH – entrada 1

            Música da época com Harpa e flauta pela Sociedade Filarmónica Humanitária – Igreja Sta Maria

21h30 – Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros – Entrada 2

Bailios e folguedos em honra de D. João, Mestre de Avis, que resiste ao cerco castelhano em Lisboa

22h00 – Anymamundy (espetáculo de fogo) – Praça Armas

22h30 – Danças Medievais Leónia Oliveira com Recanto- Terraço Sul

              Danças Orientais pelo Ata Dança – Flor de Lotus – Acampamento Árabe

23h00 – Strella do Dia (música) – Praça Armas

23h30 – Espetáculo fogo MALATITSCH – entrada 2

23h30 – “Kira aventureira e o jardim encantado” pelo Grupo Kinessis – Teatro de fogo – Largo D. Afonso Henriques

24h00 – Encerramento

 

Dia 26 de setembro – Sábado

15h00 – Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos.

Arruada e animações pelas ruas do Arrabalde e Castelo.

Um arauto anuncia pela vila a aproximação de Nuno Álvares Pereira e suas tropas, vindas do Alentejo, vitoriosas – meses antes – na batalha de Atoleiros.

15h00, 16h00, 17h00 e 18h00 – Animação infantil pela Trupe Manducare – Largo D. Afonso Henriques

17h00  Ida de todos os fidalgos, homens bons e do povo até ao Castelo para saudar Nuno Álvares Pereira, esperado por D. Fernando Afonso de Albuquerque, Mestre da Ordem de Santiago

Desfile dos grupos de música e animação – Do Mercado Municipal no Centro Histórico ao Castelo

19h00 – Apresentação de Armas para o torneio – Cavaleiros de Ribadouro

               Voo Livre pelas aves de rapina (Artfalco) – espaço torneio

            Exercícios de combate apeado pela Espada Lusitana – espaço torneio

19h00 – “Forestus Felicitus e Rosarum Brumbarum” pelo Grupo Kinessis – Teatro de malabarismo Largo D. Afonso Henriques

Do Arrabalde ao Castelo: Gaiteiros da Bardoada; Jograis D’El Rei; Vai de Ronco; Goliardos; Trabucos; Gil Teatro

   Les Musiciens du Royaume  – Entrada 1

Quadros da vida quotidiana no Castelo animação festiva encontro de culturas

19h30 – Comeres de sabor aldeanos e beberes de aroma nas tabernas.

               Peregrino – Projeto EZ – Entrada 2

20h00 – Ceia medieval – Pousada de Palmela

                 Recanto

                 Les Musiciens du Royaume

21h00 – Música Canto e animações da época

Danças Orientais pelo Ata Dança – Flor de Lotus – Acampamento Árabe

Música da época com Harpa e flauta pela Sociedade Filarmónica Humanitária – Terraço Sul

 21h30  Danças medievais – Grupo de Danças Medievais da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros” – Terraço sul

Do Arrabalde ao Castelo

Gaiteiros da Bardoada; Jograis D’El Rei; Vai de Ronco; Goliardos; Trabucos; Les Musiciens du Royaume; Gil Teatro

22h00 – “Kira aventureira e o jardim encantado” pelo Grupo Kinessis – Teatro de fogo – Largo D. Afonso Henriques

22h00 – Torneio em honra de D. João, Mestre de Avis – lutam tropas portuguesas, lideradas por Nuno Álvares Pereira e pelo Mestre da Ordem de Santiago, e castelhanas, aparecidas desordeiramente de Setúbal, provocando estragos na Feira que ocorre na vila

com Artfalco, Espada Lusitana, Cavaleiros de Ribadouro, Camelos do Alcaide, Agape e Art’encena – Miradouro

Bailios e folguedos em honra de Nuno Álvares Pereira e do Mestre da Ordem de Santiago

22h30 – Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros – Terraço Sul

23h00 – Ritual Almenara – pelos PIA e Dançarte

24h00 – Encerramento

 

Dia 27 de setembro – Domingo

15h00 – Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos.

Arruda e animações pelas ruas do arrabalde e castelo.

Um arauto anuncia pela vila a presença de Nuno Álvares Pereira e suas tropas.

São dados louvores a D. João, Mestre de Avis, e ao Mestre de Santiago, Fernando Afonso de Albuquerque, que como embaixador reuniu o apoio militar inglês a Portugal contra Castela

15h00, 16h00, 17h00 e 18h00 – Animação infantil pela Trupe Manducare – Terraço Sul

17h00 – Ida de todos os fidalgos, homens bons e do povo até ao Castelo para saudar Nuno Álvares Pereira, esperado por D. Fernando Afonso de Albuquerque, Mestre da Ordem de Santiago

Desfile de todos os grupos de animação – Do Mercado Municipal no Centro Histórico ao Castelo

19h00 – Torneio em honra de D. João, Mestre de Avis – lutam tropas portuguesas, lideradas por Nuno Álvares Pereira e pelo Mestre da Ordem de Santiago, e castelhanas, aparecidas desordeiramente de Setúbal, provocando estragos na Feira que ocorre na vila

com Artfalco, Espada Lusitana, Cavaleiros de Ribadouro, Camelos do Alcaide, Agape e Art’encena – Miradouro

19h00 – Gaiteiros Bardoada; Jograis D’El Rei; Vai de Ronco; Goliardos; Trabucos

Les Musiciens du Royaume – Igreja de Stª Maria

Gil Teatro – Entrada 1

Quadros da vida quotidiana no Castelo animação festiva encontro de culturas

19h30 – Comeres de sabor aldeanos e beberes de aroma nas tabernas.

              Peregrino – Projeto EZ – Entrada 2

              Concerto Coral de canções da época pelo Grupo Coral e de Gaiteiros da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros” – Igreja de S. Maria

21h00 – Música Canto e animações da época

Danças Orientais pelo Ata Dança – Flor de Lotus – acampamento Arabe

Música da época com Harpa e flauta pela Sociedade Filarmónica Humanitária – Igreja Stª Maria

Les Musiciens du Royaume – Largo D. Afonso Henriques

Do Arrabalde ao Castelo

Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros

Gaiteiros da Bardoada; Jograis D’El Rei; Vai de Ronco; Goliardos; Trabucos; Grupo de Gaitas da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”; Gil Teatro

Bailios e folguedos em honra do Mestre de Avis e de Nuno Álvares Pereira.

Um arauto anuncia na vila que os castelhanos foram derrotados em Lisboa pela Peste e pelas tropas portuguesas.

22h00 – Leviathan – espetáculo de fogo pelo Grupo Artencena ­– Largo D. Afonso Henriques

Anymamundy (espetáculo de fogo) – Praça Armas

22h30 – Danças Medievais com Recanto e Leónia Oliveira- Terraço Sul

23h00 – Espetáculo fogo MALATITSCH – entrada 2

23h00 – Trabucos (Música) – Praça Armas

24h00 – Encerramento

 

Acampamentos e animação permanente

Alcaide – acampamento berbere e camelos

AGAPE – acampamento cristão, profissões e animação de rua

Animais da quinta

Anymamundy – animação de rua, teatro de fogo

Art’Encena animação de rua, teatro de fogo

ARTFALCO – aves rapina

AtaDança – Flor de Lotus – Dança Oriental

Carrossel Medieval

Cavaleiros de Ribadouro – combates a cavalo

Coral da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”

ESPADA LUSITANA – combate apeado e acampamento

Gil Teatro – animação de rua, malabarismos de fogo,

Goliardos (música)

GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS – dança medieval

Grupo de Percussão e Gaitas – Sociedade Filarmonica Palmelense Loureiros

Harpa e flauta da Sociedade Filarmónica Humanitária

Jogos Medievais e Tiro com Arco – Décadas de Sonho

JOGRAIS D’EL REI – música

KYNESSIS – animação de rua, teatro de fogo,

Les Musiciens du Royaume – Conservatório Regional de Palmela – Sociedade Filarmónica Humanitária

LEONIA OLIVEIRA – DANÇA MEDIEVAL

MALATITSCH – animação de rua

Minerarte – conteúdo mouro no espaço do Alcaide

Orquestra de Percussão e Gigantes – Bardoada – O Grupo do Sarrafo

Projecto EZ – animação de rua

Recanto (música)

Strella do Dia (música)

Terras d’atomun – cães

Trabucos (música)

Trupe Manducare, marionetes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *