Sushilogia

O Sushilogia é o mais recente restaurante de sushi em Setúbal(daqueles a sério, sem comida chinesa à mistura).
Antes de visitar o restaurante, li que o sushiman não só trabalhou no famoso Tomo em Algés, como também na sushi school do conhecido chefe Paulo Morais.
As expectativas estavam altas mas infelizmente a experiência não foi tão boa como esperava.
O espaço é pequeno mas bem decorado. Além das mesas normais, podemos também comer junto ao balcão onde o chefe confecciona o sushi.
Um dos pontos negativos desta experiência começou quando nos conduziram à nossa mesa que estava a cerca de um palmo de distância da mesa do lado. Uma das coisas que menos gosto quando vou a um restaurante é sentar-me numa mesa que está quase colada à do lado. Percebo que o espaço seja pequeno mas acho que é preferível retirarem a mesa do que sujeitarem os clientes a este tipo de situações, faz perder um pouco do intimismo que penso que o espaço procura ter. Ainda pedimos para trocar de mesa mas não foi possível.
O restaurante serve vários pratos japoneses, sushi à carta, e ainda cinco menus individuais que incluem uma entrada e uma sopa miso.
Nos menus podemos optar por sushi to sashimi-rolos de sushi e fatias de peixe cru (18€/30€), só sashimi(16€/23€), Makimono Mori-só sushi(18€), Misto de tempuras(15€) ou a taça com peixe sobre arroz(13€).
Como somos pessoas de algum alimento, principalmente quando se trata de sushi, escolhemos um menu sushi to sashimi de 30€ para partilhar, que tem entre 30 a 32 peças, e ainda um rolo Uramaki Eby tempura(8€) – camarão frito com alface e mayonese japonesa.
Se pretenderem acompanhar a refeição com vinho, existem várias opções a partir dos 10€ ou se preferirem há também vinho a copo de uma gama alta por 2,50€.
Depois de cerca de 20 minutos à espera que alguém nos fosse perguntar o que queríamos comer, reparámos que o chefe se apercebeu que já estávamos com um ar um pouco saturado e dirigiu-se à nossa mesa dizendo que o conceito do restaurante era um pouco intimista e que por essa razão o serviço poderia ser um pouco lento.
Após fazermos finalmente o pedido, foi nos servido pouco tempo depois a sopa miso e uma entrada que era composta por dois “dedos” de salmão marinado. Gostei muito da sopa miso, estava saborosa. A entrada também estava boa mas achei que tinha um tamanho um pouco ridículo. Mal deu para saborear.
O combinado de sushi to sashimi era composto por 6 hosomakis, 3 niguiris, um camarão e 20 peças de sashimi. O peixe é bom e tem qualidade, quase que se desfaz na boca, no entanto preferia que tivesse vindo mais umas peças de sushi em vez de tanto sashimi(que apesar de bom, pouco enche).
Outro reparo que tenho a fazer foi o facto dos hosomakis de atum terem muito wasabi, tanto que um deles não consegui mesmo comer porque nem sentia o sabor do peixe, só me sabia a wasabi e quem conhece o sabor, sabe que em exagero não é propriamente agradável.
Tendo em conta o preço que se paga, acho que deveria haver mais cuidado na confecção das peças.
Experimentámos também o Uramaki Eby tempura e ficou aprovado.
Como ainda estávamos um pouco longe de ficar satisfeitos, pedimos outro uramaki, desta vez o California Tobiko(8€) – Carangueijo, salmão, abacate e ovas de tobiko. Foi a peça de sushi que mais gostámos, a conjugação de sabores é muito boa. Recomendo.
Para finalizar partilhámos ainda uma mousse de chocolate com pimenta rosa(3€).
Pedida a conta, pagámos cerca de 25€ por pessoa. Achei um pouco caro tendo em conta o que se comeu e bebeu(água), no entanto ao almoço os menus têm preços mais em conta.

Na minha opinião o Sushilogia é um restaurante com bom sushi, daquele que já fazia falta em Setúbal, mas um pouco caro para o que se come e bebe e talvez também para o serviço que presta, no entanto fiquei com curiosidade de experimentar outros pratos japoneses como as guiosas(7€), o atum tataki(15€) ou o misto de tempuras(12€ ao almoço).
Nota: A pedido do restaurante retirei as fotografias do post.

 

Morada: Praça Marquês de Pombal nr. 43, Setúbal.
Telefone: 265 238 245.
Dia(s) de Encerramento: Domingo ao almoço e Segunda feira.
Horário de Funcionamento: Sem informação.
Necessidade de reserva: Aconselha-se a reserva.
Área para fumadores: Não Fumadores.

16 Comments

  • Anónimo diz:

    O horário de funcionamento está logo à entrada, à porta!

    • admin diz:

      Este tipo de informações costumo retirar da internet, normalmente da página de Facebook ou do site do restaurante. Neste caso não consegui encontrar o horário de funcionamento em lado nenhum.
      Se voltar ao restaurante, atualizo a informação. Obrigada

  • Cara blogger,

    Em primeiro lugar, cumpre-me agradecer a gentileza da Vossa visita. Contudo não lhe reconhecemos conhecimento mínimo, para tecer comentários sobre uma área tão específica da restauração como é a Cozinha Japonesa. Daí não entendermos a ousadia da afirmação "as expetativas estavam altas", como se de um profissional se tratasse. Aceitamos ainda assim a sua opinião particular, que não passa disso mesmo.

    Se de um profissional de crónicas ou jornalismo se tratasse, não descuraria por certo de pormenores elementares que estão á vista de todos:
    1. A afixação do horário de um estabelecimento é obrigatório, e tem que estar vísivel ao público. No entanto a Blogger não o viu!
    2. No nosso entender, intimismo não é sinónimo de distância, mas sim o contrário!
    3. A garrafa de vinho mais barata da nossa carta não custa 12€, mas sim 10€, o "Catarina". O que a dividir por mais ou menos 6 copos, custar-lhe-ia cada copo, menos do que a garráfa de água que pediu. Contudo, mais atenta, teria percebido que vendemos vinho a copo de uma gama alta, por 2,50€.
    3. Quando me dirigi á sua mesa para felicitá-la pela sua visita, fi-lo porque estava de fato preocupado, não pelo tempo de espera de apenas 20 minutos, mas sim pela sua incómoda reação corporal. Foi a única pessoa que se achou acima do próximo!
    4. A entrada de tamanho rídiculo que lhe servi, tem esse mesmo propósito. Deixar água na boca para o que vem a seguir. Como deveria ter entendido, as entradas são cortesia nossa. Diria antes… um mimo que antecede o prato príncipal, sendo por isso servidas em doses pequenas que não são cobradas!
    5. Segundo palavras suas, a blogger prefere muito mais sushi a sashimi. Nesse caso deveria ter escolhido um menú só de sushi por 18€ em vez dos 30€ que pagou pelo sashimi que não gostou. Constato por isso, que mesmo aconselhada fez uma má escolha, e daí a insatisfação pelo preço pago!

    Aproveito para informá-la que não autorizo a sua publicação na nossa página, nem que me pedisse, como o fez na Amburgaria de Setúbal. Porque a promoção tem um preço. Sobre as fotos publicadas sem a minha autorização, no decorrer desta semana será notificada sobre os procedimentos a seguir.

    O cozinheiro,

    Renato Velez

  • admin diz:

    Boa tarde Renato,

    Agradeço o seu comentário mas não concordo consigo em alguns pontos.
    Como escreveu no início, esta crítica é mesmo a minha opinião no meu blog pessoal sobre a minha visita ao restaurante e não numa opinião geral do restaurante feita por um profissional de crónicas ou jornalismo.
    Disse que as expectativas estavam altas porque conheço a fama e a qualidade do Tomo, assim como da sushi school do Chefe Paulo Morais. Não acho que seja uma ousadia o que disse, apenas a minha opinião. É normal que quando se tenha boas referências, as expectativas sejam altas.

    1º Relativamente à afixação do horário, realmente não o vi, mas não tenho dúvidas que esteja afixado na porta do restaurante. De qualquer forma, como disse no comentário anterior, não tenho por hábito recolher essas informações (morada, telefone, horário..) no restaurante e sim através da internet e neste caso talvez também por o restaurante ser recente não consegui obter a informação sobre o horário e por isso escrevi "sem informação". Não é nenhuma critica, não percebo qual é o problema de ter escrito isto, visto que na vossa página de facebook também não têm (ou pelo menos não tinham) essa informação.

    2º Intimismo é sinónimo de proximidade, e neste caso, não penso que deverá ser proximidade com a mesa do lado onde estão pessoas que nem conhecemos mas sim com a(s) pessoa(s) com quem estamos a jantar. Para mim intimismo é poder falar à vontade sem estar a ser (diretamente) observada ou a ser ouvida pela mesa que está ao meu lado.

    3º Relativamente à garrafa de vinho tem razão, realmente não vi que existia uma a 10€ e peço desculpa por ter faltado à verdade na informação que publiquei, irei proceder à correção da mesma.

    3º Na minha opinião um tempo de espera de 20 minutos para fazer o pedido é significativo, tento em conta que o restaurante é relativamente pequeno, metade das mesas não estavam ocupas na altura e a colaboradora que estava a fazer os pedidos passou dezenas de vezes por nós durante esses 20 minutos e não teve a preocupação de nos dizer alguma coisa do género, "só um bocadinho" ou "vou já anotar o vosso pedido", estando no entanto a atender mesas 2 e 3 vezes para tirar dúvidas e a receber clientes que chegavam.
    É verdade que abriram à pouco tempo e que se calhar ainda estão a "limar" algumas arestas mas como não gostei deste tempo de espera, acho que tenho o direito de expressar a minha opinião. Gostaria também de saber em que medida é que me achei acima do próximo?!

  • admin diz:

    4º A entrada que referi estava incluída no menu de 30€, assim como a sopa miso, por isso a meu ver foi cobrada. Não sendo um mimo/oferta à parte não a vejo como uma cortesia do restaurante, no entanto percebo o que quer dizer.

    5º Pedi um menu de sushi to sashimi de 30€, no qual foi servido cerca de 30 peças.
    9 ou 10 dessas peças(não sei se o camarão conta como peça) foram de sushi e cerca de 20 foram de sashimi. Esperava e gostava que o número de peças fosse mais equilibrado e por isso dei a minha opinião pessoal. Eu não disse que não gostei do sashimi, antes pelo contrário, disse que o peixe era bom e tinha qualidade. A única critica que fiz foi relativamente aos hosomakis de atum que como se pode ver pela imagem tinham wasabi a mais.

    Por fim, não lhe ia pedir para publicar o post na sua página e já que refere a Amburgaria, a razão de ter pedido para publicarem o meu post na página deles foi porque reparei que usaram como foto de capa do Facebook uma das minhas fotos e achei que já que gostaram e usaram a foto do meu post, poderiam também partilha-lo na página deles. Não vejo qual é o problema, até porque quando lhes pedi a partilha, responderam-me "vamos partilhar com certeza! Muito obrigado pela visita.".

    Relativamente às fotos que tirei no restaurante, se não quiser que estejam publicadas no post, eu retiro-as. Nunca tive qualquer problema com restaurantes por causa de fotos ou opiniões que tenha dado mas está no seu direito.
    Lamento que o post o tenha deixado insatisfeito mas como já o disse, apenas dei a minha opinião pessoal baseada na minha visita ao restaurante.
    Ainda assim, como pode ler no final da minha "crítica", fiquei com curiosidade de voltar para provar outros pratos que constam na carta. No entanto, confesso que a sua reacção me deixou receosa de ser mal recebida. Ou estou errada?

  • Anónimo diz:

    Não sou muito de comentar mas senti-me na obrigação de o fazer. Fui experimentar e não partilho da sua opinião. Adorei tudo! Sushi com Qualidade em Setúbal. Pequeno restaurante, muito acolhedor, bom atendimento e com Qualidade… Quanto ao custo… justo por aquilo que se come e bebe. Por curiosidade entrei na net e pesquisei e deparo-me com a sua critica e opiniao que Graças a Deus so li agora ou pensaria duas vezes se me deslocaria a Setúbal para ir experimentar. Ainda bem que o fiz… Será um restaurante a incluir no meu roteiro e aconselharei aos que querem iniciar, aos que ainda nao passaram do "pseudo"sushi e aos verdadeiros amantes desta comida. Só tenho uma Palavra PARABÉNS!

  • Anónimo diz:

    Sou um amante de Sushi e estou curioso por experimentar o Sushilogia (falaram-me de umas peças de sushi de bacalhau deliciosos que tenho muita curiosidade)…

    Mas foi a discussão cozinheiro/blogger neste post mereceu a minha atenção…

    Quer-me parecer que os/as Bloggers amadores deveriam ter mais respeito no uso da sua opinião (mesmo que salientando-a como pessoal) quando escrevem sobre as profissões dos outros… não é que veja algum mal em comunicar e aconselhar a sua experiencia pessoal, mas com o devido respeito pela profissão dos outros e com o total conhecimento de que não são críticos habilitados para tal !
    Ora o modo como este post está escrito, não o fazendo intencionalmente, demonstra alguma falta de humildade e de respeito pelos profissionais e empresários em causa …

    Entendam as bloggers amadoras que escrevem sobre outros profissionais, que escrever um post é fácil, mas abrir um restaurante envolve um trabalho (e eventualmente endividamento) consideráveis….

    Gostei da reação do cozinheiro… optou por não ficado calado, e bem. Entendo-o perfeitamente, Contudo acho que o fez de forma exagerada e como tal não beneficiou com isso.
    Deveria ter ouvido e registado esta opinião, como se faz a qualquer cliente… pois sinceramente não vejo maldade nenhuma no post e até se nota algum equilíbrio entre as criticas positivas e negativas … note-se que naquilo que é primordial (a qualidade do peixe e o sabor das peças) as criticas até são bastante favoráveis.

    Não conheço o cozinheiro, nem o restaurante, mas após ler o post mantenho inalterada a minha vontade em experimentar …

  • Anónimo diz:

    20 minutos de espera em qualquer restaurante para fazer um pedido é inaceitável! Na minha humilde opinião é, até, motivo para me levantar e ir embora.

    Adicionalmente, tal como o senhor Renato foi livre de expressar as suas opiniões, deveria dar a mesma liberdade à blogger, sem julgamentos.
    Posso adiantar-lhe que se não fosse por este post, não conheceria este restaurante. E posso adiantar-lhe também que o tom da sua resposta apenas fez com que a minha vontade de alguma vez o visitar passasse a ser nula.

    • Anónimo diz:

      Subscrevo também.

    • Anónimo diz:

      ….julgo a meu ver que quando se opina sobre o negócio de outra pessoa, há que ter algum bom senso, nomeadamento respeito por alguém ter iniciativa de abrir um negócio, de correr esse risco, de se expor perante outros, de provavelmente se ter se esforçado muito para tal, ….e depois assim sem mais nem menos ver alguém a criticar sem conhecimentoo de causa. A liberdade de expressão não pode ser desculpa para tudo….Parabéns a este restaurante que siube mto bem defender-se….e pelo que tenho ouvido dizer está a ser considerado um dos melhores

    • Anónimo diz:

      Caro(a),
      Ninguém questiona a iniciativa de abrir um negócio, é louvável. Mas quem abre um negócio…precisa de clientes. E o negócio só sobrevive se os clientes ficarem satisfeitos com o serviço.
      Sem conhecimento de causa? É um restaurante. Ou se gosta da experiência (atendimento, comida, relação preço/qualidade, o que seja) ou não se gosta. Em nada é necessário "conhecimento de causa". Para saborear sushi, não precisamos de ser entendidos em como se faz. Comparamos simplesmente com outras experiências.

      Se efectivamente está a ser considerado um dos melhores, óptimo! Que tenham muito sucesso e que fiquem no mercado por longos anos. Críticas negativas farão parte do processo. O saber lidar (ou não) com elas é que diz muito do estabelecimento. Por mais qualidade que tenha a comida.

  • Anónimo diz:

    A empregada é mal educada.

  • Anónimo diz:

    Costumo andar muito por Setúbal por ter lá nascido, embora já não more na cidade. Ainda tenho casa e costumo visitar os restaurantes da cidade, quer sozinho quer com amigos. Se não fosse esta crítica, que esteve realmente bem equilibrada, sem escarnecer por completo o restaurante mas dizendo o que de bom e mau achou. Qualquer pessoa sabe que um blog é uma opinião pessoal e não uma opinião profissional.

    A liberdade de expressão permite que se opine sobre um restaurante que se visitou. No entanto, o comentário do dono do mesmo foi de uma arrogância extrema, o que faz com que seja um sitio que eu não irei visitar. Da mesma forma que se achou no direito de vir comentar a opinião de uma blogger, da mesma forma deve saber que esta também pode opinar sobre o restaurante. A arrogância do comentário é a única coisa que me faz afastar-me desse restaurante.

  • Anónimo diz:

    ….ai a inveja que por aqui vai :)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *