Casa de chá Mar até Cá

Mar até cá é uma lindíssima casa de chá em Setúbal, mais precisamente na freguesia de Marateca. O nome até pode parecer um bocado estranho mas depois de conhecermos a sua história, percebemos que além de fazer todo o sentido, é bastante original.
Reza a lenda que um cavaleiro português se apaixonou por uma bela mourisca. Este cavaleiro residia no local onde hoje em dia é a Marateca. Para ficar com a sua amada, raptou-a e entregou-a aos de sua confiança, para que estes a entregassem, sem que fosse encontrada, à sua família. A bela muçulmana fez a viagem por mar e depois pelo Rio Sado, até chegar ao destino. Como não dominava a língua portuguesa, quando lhe perguntavam como tinha ali chegado, ela respondia “ Mar até cá”. Giro não é?!
Já tinha ouvido falar deste espaço há algum tempo, mas como fica um pouco deslocado da cidade, ainda não tinha calhado lá ir.
Depois de algumas recomendações, decidi que deste fim-de-semana não passava e acabei por ir lá no sábado fazer um almoço tardio.
Para quem não tem GPS e não conhece a zona, não é muito fácil dar com o sitio mas se forem à pagina de Facebook encontram muitas indicações e inclusive um álbum com fotos e mapas do caminho.
O espaço é muito bonito e diferente de todas as casas de chá que conheço, desde a parte exterior com bastante espaço verde para as crianças brincarem e inclusive um pequeno e amoroso galinheiro. Tem também uma piscina, esplanada e uma zona lounge.
O espaço interior é igualmente bonito e acolhedor.
Logo à entrada damos de caras com um balcão recheado de guloseimas e sobremesas caseiras, uma perdição para as crianças e para os mais gulosos. Existe também uma pequena zona de mercearia gourmet com vários produtos regionais, como compotas, bolachas, refrescos, frutas de produtores locais e vinhos.
No dia em que lá fomos estava bom tempo, por isso optámos por ficar na esplanada.
A ementa é atractiva e variada. Existem diversos tipos de cafés (com natas, leite condensado, chocolate, especiarias, after eight, gelado..), cháschocolate quente (com natas e marshmallows), milkshakes, sumos naturaissangrias. Para petiscar existem várias tostastábuas de queijos e enchidos, sobremesas à fatia e pastelaria variada.

Como ainda não tínhamos almoçado, a nossa escolha recaiu nas tostas. Pedimos uma tosta de frango e uma tosta “Mar até cá” com presunto e queijo de cabra. Para beber estivemos inclinados para a sangria de frutos do bosque que nos pareceu muito bem mas acabámos por optar (e bem) por um sumo natural de ananás com hortelã e um milkskahe de chocolate adoçado com leite condensado (sim, é TÃO bom como parece!!)

As tostas são servidas numa tábua de madeira acompanhadas de batatas fritas e como se pode ver pelas imagens são grandes.
Escolhi a de frango e gostei muito, o pão é muito bom (possivelmente caseiro) e o recheio é guloso, tem um molho que liga muito bem com o frango, talvez barbecue?!
Como não gosto de queijo, não provei a outra mas ficou aprovada pelo namorado.
As bebidas foram outra surpresa agradável. O sumo natural estava muito bom, doce qb, fresquinho e com um ligeiro sabor a hortelã. O milkshake também ficou aprovadíssimo e até acabámos por pedir outro (só para termos a certeza que era mesmo bom!). O toque do leite condensado torna-o super guloso.
No final ficamos um pouco cheios mas ainda assim guardámos um espacinho para dividirmos uma sobremesa.
A tarde de amêndoa acabadinha de fazer estava a chamar por nós mas acabámos por escolher o cheesecake de laranja com Fogaça de Palmela e Moscatel de Setúbal, criado para a iniciativa “Palmela, experiências com sabor” na qual vários espaços gastronómicos do concelho utilizam produtos da região na confecção de alguns pratos da sua ementa.
Apesar de não gostar muito de doce de laranja, gostei da combinação de sabores e nunca pensei que a fogaça ficasse tão bem como base de cheesecake. Recomendo!

          

 

Morada: Rua 5 de Outubro – Cajados, Setúbal

Telefone: 265 946 132

Horário de funcionamento: 5ª e 6ª feira das 18h às 24h. Sábados, Domingos e Feriados das 10h às 24h.

Área de fumadores: Esplanada.

3 Comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *