Madrid #2 – A cidade dia 1 e 2

Chegámos a Madrid por volta da hora do almoço e fomos directos ao hostal para deixarmos as malas.
Procurámos depois um sitio para almoçar e encontrámos um dos restaurantes da cadeira 100 montaditos. Como era quarta feira estava tudo a 1€, por isso aproveitámos e fizemos a nossa primeira refeição de montaditos em Madrid.
Depois do almoço caminhámos até à Plaza Mayor e fizemos uma free tour com a SANDEMANs New Europe (já tínhamos marcado pelo site). A free tour é uma visita guiada a pé pela cidade que demora cerca de 3 horas.
Andámos muito a pé, e o calor não ajudou mas mesmo assim valeu a pena. Foi nos mostrado os principais pontos de interesse, com explicações, curiosidades e historias da cidade. Todos os guias são jovens e as visitas são normalmente faladas em inglês ou espanhol, dependendo do idioma da maioria das pessoas do grupo, no nosso caso foi em Inglês. No final pagamos aquilo que achamos que o guia merece e por essa razão todos se esforçam por causar boa impressão.
Plaza Mayor
O nosso guia O. D.
Depois da tour voltámos ao hostal, descansámos um pouco e saímos novamente em direcção à Plaza de Santa Ana, onde jantámos no restaurante La Lateral.
A noite estava muito boa, por isso decidimos ficar na esplanada do restaurante, mesmo no centro da praça. Gostei do ambiente, via-se muita gente na rua, não só espanhóis mas também muitos turistas, maioritariamente jovens.
Depois do jantar fomos à Penthouse do Hotel Me Madrid, situado na mesma praça. No último piso deste hotel existe um sofisticado e exclusivo bar, conhecido por ter uma das melhores vistas da cidade. As bebidas são um pouco caras mas a entrada é livre.
Tem um terraço enorme, com mesas e sofás para quem se quiser sentar a apreciar a vista, beber um cocktail ou comer uma da várias tapas da carta.
Penthouse Hotel Me Madrid
Hotel Me Madrid
O 2º dia em Madrid começou com o pequeno-almoço no famoso Museu del Jamon.
Por volta das 11h00 já estávamos à entrada do Museu do Prado e ao contrário do que estávamos à espera não havia muitas pessoas na fila.
Como éramos estudantes (até aos 25 anos) não pagámos entrada. Outra possibilidade de visitar o museu de forma gratuita é ir de segunda a sábado entre as 18h e as 20h ou domingos e feriados entre as 17h e as 19h.
O preço normal do bilhete é 14€ para adultos e 7€ para pessoas com +65 anos ou portadores de cartão jovem.

Este museu de arte é o mais importante de Espanha e um dos quinze mais visitados do mundo.
A colecção do museu tem cerca de 7.600 pinturas, 1.000 esculturas, 4.800 impressões e 8.200 desenhos, entre elas as obras de importantes artistas como Velásquez, Goya e Caravaggio.
O museu é enorme, demorámos cerca de duas horas a visitar todas as salas.
Museu del Prado
Depois da visita ao museu, fizemos uma paragem no restaurante La finca de Susana para almoçarmos e seguimos para o Parque do retiro.
Um dos lugares que mais gostei em Madrid foi o Parque do retiro, o maior e mais emblemático parque de Madrid.
É um parque muito completo, com áreas para descanso, desporto, lazer, natureza, assim como inúmeros artistas de rua.
Neste parque podemos encontrar um passeio de estátuas, fontes, lagos, jardins e até monumentos, como o Palácio de Valázquez e o Palácio de Cristal com exposições de arte contemporânea.
Vale a pena também destacar a estátua do Anjo Caído, única no mundo, que representa o diabo e curiosamente encontra-se a 666 metros acima do nível do mar.
Parque del Retiro
Palácio de Velázquez
Palácio Cristal
O parque tem muita vegetação – árvores, jardins e estufas antigas.
Vê-se imensa gente a passear, a fazer exercício ou simplesmente deitados na relva a apanhar sol, a ler ou a descansar.
No centro do parque existe um imponente monumento em homenagem a Afonso XII, e junto a este monumento existe um grande lago artificial, onde podemos alugar um barco a remo e dar um passeio pelo lago. Aconselho vivamente!
Para quem está em Madrid, o parque do retiro é um lugar obrigatório de visita.
Lago e Monumento Afonso XII
Depois de visitarmos o parque do retiro seguimos para o Museu Reina Sofia.

Este museu dedica-se à arte do século 20, e a sua obra mais importante é o famoso “Guernica” de Pablo Ruiz Picasso, que faz parte da Colecção de Arte Contemporânea do museu.
Além de Picasso, outras obras em destaque neste museu são as de Salvador Dali, Joan Miró e Joan Gris.
É possível visitar o museu gratuitamente nos seguintes dias:
Segunda, quarta, quinta, sexta e sábado das 19h00 às 21h00 e domingos das 15h00 às 19h00.
O preço do bilhete de adulto é 8€, maiores de 65 anos 4€ e para estudantes até 25 anos a entrada é gratuita.Depois de sairmos do museu fomos jantar ao restaurante Bazaar, situado no conhecido bairro Chueca.
Museu Reina Sofia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *